Audição e Trabalho*

A audição é fundamental para o desenvolvimento cognitivo, emocional e social dos seres humanos. As perdas auditivas figuram entre as mais frequentes doenças relacionadas ao trabalho. São provocadas principalmente por exposição a ruído, agentes químicos, radiações ionizantes e acidentes com traumatismo craniano. Acometem pessoas com desenvolvimento normal que vêem suas capacidades humanas serem reduzidas progressivamente. Podem ainda fazer com que trabalhadores tenham cerceada sua ascensão hierárquica ou o acesso a um novo emprego, às vezes apenas por uma leve alteração do exame que avalia a audição.

Estima-se que mais da metade dos trabalhadores da indústria cumpre sua jornada em ambientes com a presença do ruído e dos outros agentes. Não se dispõe de informações precisas acerca do número de trabalhadores acometidos do problema, mas pelas amostras de indústrias que divulgam seus dados, de 10 a 60% dos trabalhadores expostos a essas condições sofrem algum grau de lesão auditiva. Somando-se aos trabalhadores de outras atividades, como a agropecuária, o comércio e algumas outras modalidades de serviços, o número de vítimas do agravo atinge proporções preocupantes.

Agentes nocivos à audição do trabalhador

A exposição ao ruído é a principal causa das perdas auditivas relacionadas ao trabalho. O ruído é um agente físico emitido em boa parte dos processos industriais, máquinas, ferramentas, motores e fones de ouvido. A exposição do trabalhador pode ser constante ou intermitente. O tempo de exposição, a intensidade do ruído e a susceptibilidade do indivíduo têm relação direta com a severidade dos agravos à saúde. Seus efeitos nocivos à saúde humana não se restringem à audição, não sendo raros os distúrbios emocionais, cardiovasculares, fadiga e stress. Nos ouvidos a capacidade lesiva do ruído se concentra nas células ciliadas da cóclea, o que traz por consequência uma perda auditiva de tipo neuro-sensorial.

Para evitar os problemas acima identificados, a Cofebral disponibiliza a seus clientes o que há de melhor em abafadores de ruído do tipo concha.

Imagem

Abafador de Ruídos Tipo Concha 1426, da 3M, com nível de atenuação em 20Db.

Imagem

Abafador de Ruídos Tipo Concha Pomp Muffler 975, da 3M, com nível de atenuação em 21Db.

Ambos os modelos são encontrados em nossas lojas físicas, em Maringá, Estado do Paraná, nos seguintes endereços: Loja Brasil: Avenida Brasil, 4531 – Centro – Telefone (44) 3029-7760 e Loja Morangueira: Avenida Morangueira, 1016 – Vila Santo Antônio – Telefone (44) 3031-6030. Em breve, também em nossa loja virtual: http://www.cofebral.com.br.

Entre em contato conosco ou faça-nos uma visita em uma de nossas lojas!

Cofebral e Você: Juntos, construindo o Brasil!

*fonte: http://www.segurancanotrabalho.eng.br/artigos/audicao.html – acessado em 25/04/2013, às 09:53hs.

 

Advertisements

Motivação!

Bom dia, pessoal!

Acreditamos que este vídeo, extraído do filme Rocky, seja excelente para assistirmos a ele todos os dias!

 

Forte Abraço a todos e fiquem com Deus!

Cofebral e Você: Juntos, construindo o Brasil!

Prego com muito juízo? Só o de DUAS CABEÇAS!!!

Todos conhecem pregos. Em algum momento de nossas vidas, empunhamos um bom martelo para “bater um prego na parede” ou lacrar uma caixa de madeira. Pregos com e sem cabeça são comumente encontrados em boas lojas de ferragens.

Entretanto, algum amigo seu já te perguntou se você tinha prego de duas cabeças para emprestar? A pergunta parece absurda, mas prego de duas cabeças existe, sim! E não é em formato “Y”!!!

Prego de duas cabeças

 

fonte: Gerdau

O Prego Cabeça Dupla possui corpo liso, cabeça cônica e axadrezada e distância de 8 mm entre as cabeças.

APLICAÇÕES: Fechamento de fôrmas; fixação dos aprumadores; escoramento de lajes; estruturas de bandejas e estruturas temporárias.

BENEFÍCIOS: Não danifica a madeira; fácil arranque; desforma rápida e elimina etapas no fechamento das fôrmas.

Na Cofebral, você encontra o prego de duas cabeças (ou prego de cabeça dupla) da marca Gerdau, na medida 17 x 27, em maços de 1kg, com aproximadamente 206 pregos em cada maço.

Cofebral e Você: juntos, construindo o Brasil!