PREMIAÇÃO AOS CAMPEÕES DE VENDA BOSCH SETEMBRO/OUTUBRO/NOVEMBRO/DEZEMBRO 2013

PREMIAÇÃO AOS CAMPEÕES DE VENDA BOSCH SETEMBRO/OUTUBRO/NOVEMBRO/DEZEMBRO 2013

É com muito orgulho que a Cofebral, nas pessoas de seu Diretor, Marcelo Bortolocci, e de seu presidente, Estevam Bortolocci, premia os Campeões de Venda Bosch dos meses Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro 2013 de cada unidade Cofebral.

Cada vencedor ganhou uma TV de Led Alta Definição Philips de 39″, premiação esta cedida em parceria com a Robert Bosch Ferramentas Elétricas, na pessoa do Sr. Reinaldo Dominiz – Representante Bosch e do Sr. Claudenir Braga – Promotor Técnico Bosch.

Nas fotos, temos (da direita para a esquerda): Marcelo Bortolocci, Diretor; Marcos Timoti, Campeão de Vendas Bosch Cofebral Unidade Morangueira; Estevam Bortolocci, Presidente do Grupo Cofebral; e Francisco Torres, Campeão de Vendas Bosch Cofebral Unidade Brasil.

A Cofebral parabeniza seus colaboradores em reconhecimento ao belo trabalho desenvolvido por todos durante estes 44 anos de história!

Cofebral e Você: Juntos, construindo o Brasil!

Advertisements

DOIS ESTACIONAMENTOS CONVENIADOS PARA SUA MAIOR COMODIDADE

DOIS ESTACIONAMENTOS CONVENIADOS PARA SUA MAIOR COMODIDADE

A Cofebral garante para seus clientes, durante suas compras em nossa Loja da Avenida Brasil, o período de 01 hora em dois estacionamentos conveniados:

1. Avenida Brasil, 4380

2. Avenida Santos Dumont, 3300

Muito próximos de nossa loja, é muito mais comodidade para você, que não precisa mais se preocupar com vagas de estacionamento, preocupando-se apenas em adquirir o que há de melhor em máquinas e ferramentas!

Cofebral e Você: juntos, construindo o Brasil!

Exportação de couro dispara e calçadista fala em crise

Empresas que trabalham com curtimento estariam preferindo vender ao exterior a negociá-lo com fábricas de calçados, bolsas e acessórios instaladas no país

Rene Moreira, do 
Tomascastelazo/Wikimedia Commons
 Pilha de couro

 Pilha de couro: no ano passado foram mais de US$ 2,5 bilhões exportados em couros e peles, um recorde histórico

 Franca – As exportações de couros e peles dispararam no Brasil e, prejudicada com esse negócio, a indústria calçadista ameaça fechar as portas.

O motivo seria justamente este, ou seja, as empresas que trabalham com curtimento estariam preferindo vender o produto para o exterior a negociá-lo com as fábricas de calçados, bolsas e acessórios instaladas no país.

Os números confirmam a situação que será motivo de encontro nesta quarta-feira (12). No ano passado foram mais de US$ 2,5 bilhões exportados em couros e peles, um recorde histórico.

Já em fevereiro as vendas seguiram em alta e totalizaram US$ 248 milhões, o que representa um crescimento de 31,3% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com dados preliminares da Secretaria de Comércio Exterior.

As exportações têm o apoio do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), que vê este setor como fundamental para melhorar o saldo da balança comercial brasileira.

Porém, quem necessita do couro como matéria-prima acredita que todo esse incentivo que tem sido dado para exportar o produto também pode significar perda de emprego e fechamento de fábricas de calçados no Brasil.

Segundo José Carlos Brigagão do Couto, presidente do Sindicato da Indústria de Calçados de Franca (SP), um levantamento aponta que 90% do couro produzido aqui estaria sendo exportado. “Com a falta do produto no mercado interno, para não parar a produção algumas fábricas estão sendo obrigadas a pagar um valor absurdo pelo couro”, afirma.

Um estudo está sendo finalizado e apontará com precisão a situação do setor hoje com relação à falta de couro. “Mas uma coisa é certa, se continuarem exportando cada vez mais, daqui a pouco estarão vendendo 100% do couro nacional e o jeito será parar de fabricar sapato”, diz.

O encontro desta quarta reunirá, entre outros, os presidentes da Abicalçados (Associação Brasileira da Indústria de Calçados), Heitor Klein, e do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil, José Fernando Bello. A reunião será realizada em Franca, importante centro produtor de calçados masculinos.

Feiras

Os calçadistas que já reclamam que o Brasil estaria vendendo muito couro devem se preocupar ainda mais daqui em diante, pois estão para acontecer duas grandes feiras que podem representar mais vendas externas. A primeira é a Fimec, a ser realizada entre os dias 18 e 22 de março, em Novo Hamburgo (RS).

A segunda é a APLF MM&T, em Hong Kong, na qual o Brasil marcará presença e com destaque este ano. Ela acontece entre os dias 31 de março e 2 de abril e terá uma série de ações de marketing, comunicação e vendas visando ampliar a presença do couro brasileiro no mercado mundial.

Fonte: http://exame.abril.com.br/economia/noticias/exportacao-de-couro-dispara-e-calcadista-fala-em-crise-2

Cofebral é REVENDA MAIS MENEGOTTI!

Cofebral é REVENDA MAIS MENEGOTTI!

SELO REVENDA MAIS MENEGOTTI!!!
É com imenso prazer que recebemos da Menegotti o SELO REVENDA MAIS MENEGOTTI!
Isto significa que somos revenda parceira exclusiva Menegotti, com preços especiais, garantia estendida, antecipação nas novidades e outras vantagens que divulgaremos em breve!
Motivo de orgulho para nossa empresa!
É a Cofebral saindo na frente!!
Cofebral e Você: juntos, construindo o Brasil!
(44) 4001-6080
(44) 3031-6030
(44) 3224-7760
http://www.cofebral.com.br

Diretor da Cofebral é convidado para a 2a. Reunião / 2014 da Comissão de Estudos Máquinas Betoneiras para discussão das normas técnicas para Betoneiras da ABNT.

Diretor da Cofebral é convidado para a 2a. Reunião / 2014 da Comissão de Estudos Máquinas Betoneiras para discussão das normas técnicas para Betoneiras da ABNT.

É com grande satisfação que o Diretor da Comercial de Ferragens Cofebral Ltda., Sr. Marcelo Bortolocci, recebe convite da ABNT para participar da 2a. Reunião da Comissão de Estudos Máquinas Betoneiras, para participar das discussões sobre normas técnicas para betoneiras.

A reunião ocorrerá no próximo dia 17 de Março, em São Paulo.